Eliminatórias da Copa

Os recordes da Seleção Brasileira nas Eliminatórias

Brasil alcança invencibilidade histórica na campanha para a Copa de 22; confira outros recordes

10 de setembro de 2021 às 22:23 por | -- comentário(s).


Brasil x Peru pelas Eliminatórias da Copa na Arena Pernambuco (Lucas Figueiredo/CBF)

A Seleção Brasileira faz uma Eliminatórias perfeita. São oito vitórias em oito partidas disputadas e o grupo comandado por Tite tem ainda o melhor ataque e a melhor defesa da competição qualificatória. Além da vaga quase garantida para a Copa do Catar, o Brasil coleciona nesta edição recordes coletivos e individuais. 

A primeira grande marca alcançada pela Seleção está na sequência de vitórias. O aproveitamento de 100% nas eliminatórias da Copa após oito jogos é inédito. A uma rodada do fim da primeira metade da competição, a seleção é líder com 24 pontos, seis a mais que a Argentina, a segunda colocada. 

O clássico entre líder e vice-líder que encerraria o primeiro turno das Eliminatórias acabou durando apenas cinco minutos. O duelo, na Neo Química, foi interrompido por agentes da Polícia Federal e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pela escalação irregular de quatro atletas argentinos que descumpriram as regras sanitárias do país.

Ainda assim, mesmo com menos da metade dos jogos das Eliminatórias disputados, a Seleção Brasileira vem colecionando recordes a cada rodada. 

A defesa mais sólida das Eliminatórias 

A forte marcação e uma defesa sólida são duas das principais características da seleção dirigida por Tite. Com a vitória sobre o Peru, por 2 a 0, pelo oitavo confronto nas Eliminatórias, a seleção pentacampeã do mundo atingiu mais uma grande marca: nove partidas sem sofrer gols em casa, com nove vitórias consecutivas.

Nesta edição foram apenas dois gols sofridos pela Seleção Brasileira. O segundo adversário que menos sofreu gols na competição é justamente a Albiceleste, que tem seis tentos contra. 

O maior artilheiro da Seleção em Eliminatórias 

O maior artilheiro da Seleção Brasileira em Eliminatórias da Copa do Mundo se chama Neymar Jr. Com o gol marcado na vitória sobre os peruanos, no último compromisso, o camisa 10 da seleção chegou a marca dos 12 gols e deixou para trás Zico e Romário. O brasileiro ainda assumiu a vice-liderança da artilharia na atual edição das Eliminatórias Sul-Americanas, com seis gols marcados (quatro deles contra o Peru).

Neymar chegou aos 69 gols em 113 jogos com a camisa da Seleção e pode se tornar o maior artilheiro com a camisa verde e amarela. Para isso, faltam oito, mas o craque conta até mesmo com a torcida do primeiro dessa lista, Pelé, para que ultrapasse a marca. O Rei tem 77 gols, considerando apenas os jogos oficiais. 

Tite 100% em Eliminatórias 

O técnico Tite não sabe o que é perder nas eliminatórias. Em 20 jogos sob seu comando, a Seleção acumulou 18 vitórias e 2 empates. Com a vitória do Brasil sobre o Peru na atual edição, o treinador alcançou um feito inédito: ele somou mais vitórias em eliminatórias do que os seus três quatro últimos antecessores. 

Isso porque Vanderlei Luxemburgo, Emerson Leão, Luiz Felipe Scolari e Carlos Alberto Parreira, somados, venceram 17 vezes com o Brasil nas eliminatórias.