Futebol

Como é o retrospecto de Messi em estreias na carreira?

Ao longo de sua carreira, argentino fez 12 estreias importantes

27 de agosto de 2021 às 19:05 por | -- comentário(s).


Messi fará sua estreia no PSG dia 29 de agosto (Divulgação/PSG)

Você olha para a carreira de Lionel Messi aos 34 anos e vê o quão vitoriosa foi a trajetória do argentino até chegar ao Paris Saint-Germain, onde fará a sua estreia oficial no dia 29 de agosto de 2021, diante do Stade Reims, na 4ª rodada do Campeonato Francês. A partida deve ser tranquila e o favoritismo do PSG é evidente, uma boa notícia que pode melhorar o retrospecto do agora 30 do clube parisiense.

Sim, pode parecer loucura, mas Messi não costuma se dar tão bem assim em estreias (se comparado, é claro, com o resto de sua carreira repleta de conquistas e recordes). Desde 16 de outubro de 2004, quando vestiu a camisa profissional do Barcelona pela primeira vez, o atacante realizou 12 estreias importantes por clube e seleção, com aproveitamento de 58,3%.

Naquele dia, Messi encarou o Espanyol, pela La Liga, e venceu fora de casa, por 1 a 0, sendo a sua primeira partida profissional na carreira. 11 dias depois, estreou na Copa do Rei com surpreendente derrota na prorrogação para o pequeno UDA Gramenet, da 3ª divisão (a equipe chegaria até as quartas de final).

Em dezembro daquele ano, na última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Barcelona visitou o Shakhtar na estreia de Messi na competição. O resultado? 2 a 0 para os ucranianos, com dois gols do nigeriano Julius Aghahowa.

Em 2006, Messi faria duas estreias em supercopas e elas trouxeram sabores diferentes ao argentino. Na Supercopa da Espanha, vitória magra por 1 a 0 sobre o rival Espanyol na partida de ida. Já na Supercopa da Europa, contra o Sevilla, um imponente 3 a 0 do adversário. Por fim, em 2009, vestiu pela primeira vez a camisa do Barça no Mundial de Clubes da FIFA, quando venceu o Atlante, do México, por 3 a 1.

Pela Argentina, Messi também realizou seis estreias, com quatro vitórias e duas derrotas. Isso significa que em nenhuma das 12 partidas inaugurais mais importantes do atacante o jogo terminou empatado. A seguir, confira o retrospecto do camisa 30 do PSG: 

Pelo Barcelona

Vitórias

Campeonato Espanhol 2004/05 (Espanyol 0 x 1 Barcelona)

Mundial de Clubes 2009 (Atlante-MEX 1 x 3 Barcelona)

Supercopa da Espanha 2006 (Espanyol 0 x 1 Barcelona)

Derrotas

Copa do Rei 2004/05 (UDA Gramenet 1 x 0 Barcelona)

Liga dos Campeões 2004/05 (Shakhtar Donetsk 2 x 0 Barcelona)

Supercopa da UEFA 2006 (Barcelona 0 x 3 Sevilla)

Pela Argentina

Vitórias

Olimpíadas 2008 (Argentina 2 x 1 Costa do Marfim)

Copa do Mundo 2006 (Argentina 6 x 0 Sérvia e Montenegro)

Copa América 2007 (Estados Unidos 1 x 4 Argentina)

Amistosos (Hungria 1 x 2 Argentina)

Derrotas

Mundial Sub-20 2005 (Estados Unidos 1 x 0 Argentina)

Eliminatórias da Copa 2006 (Paraguai 1 x 0 Argentina)