Futebol

Quando a sirene do Parque São Jorge toca, tem anúncio: Renato Augusto está de volta ao Corinthians

De Craque do Brasileirão em 2015 a campeão com a Amarelinha nos Jogos Olímpicos Rio 2016; conheça um pouco mais sobre o meio-campista que chega para mudar o patamar do Timão

22 de julho de 2021 às 20:43 por | -- comentário(s).


Corinthians anuncia Renato Augusto (Divulgação/Corinthians)

Sob a promessa da nova presidência de uma gestão responsável e transparente, o Corinthians precisou de mais de meio ano para anunciar os seus dois primeiros reforços para a temporada de 2021. Durante os seis primeiros meses, o torcedor alvinegro teve de se acostumar com um time mais modesto, porém, agora, com as chegadas de Giuliano, ex seleção brasileira, Grêmio e Inter, e de um velho conhecido da torcida, o meia Renato Augusto, o alvinegro atinge um novo patamar e o corintiano pode voltar a sonhar com dias melhores. 

Dias como aqueles dos quais o torcedor saudosamente deve se recordar - da última passagem de Renato Augusto pelo Corinthians, em 2015. O camisa 8 foi o principal destaque na campanha que levou o Timão ao hexa e, não por menos, acabou sendo eleito Craque do Brasileirão de 2015. A temporada foi a melhor de outras duas pelas quais o meio-campista também estava integrado ao clube, mas com menor protagonismo. 

Quem diria que o carioca formado nas categorias de base do Flamengo e que fez sua estreia profissional em 2005, justamente, contra o Corinthians, viria a representar tão bem a camisa do clube paulista e deixar tantas saudades em 2016, quando deixou o alvinegro para atuar no futebol chinês, recebendo uma oferta salarial quatro vezes maior que a recebida no Timão.  

Números de Renato Augusto no Corinthians 

Em sua primeira passagem pelo clube do Parque São Jorge, o meia de 33 anos atuou com a camisa do Corinthians durante três anos e 127 jogos, anotando 15 gols e distribuindo 19 assistências. Nas partidas em que Renato Augusto esteve em campo, o Corinthians somou 68 vitórias, 38 empates e 21 derrotas - cerca de 53% de aproveitamento.

Títulos de Renato Augusto pelo Corinthians  

Em 2013, enquanto lutava para conseguir se livrar das lesões, Renato Augusto conquistou o Campeonato Paulista, sobre o Santos, e a Recopa Sul-Americana, sobre o São Paulo. Mas foi em 2015 que ele se tornou o principal articulador de um time que sobrou no Campeonato Brasileiro e consagrou o hexacampeonato do Corinthians. 

Três títulos pelo Timão e, logo após a sua melhor temporada, o meia, assim como outros jogadores daquele elenco, foi seduzido por uma proposta  "irrecusável" do futebol chinês e deixou o alvinegro para atuar pelo Beijing Guoan. 

Renato Augusto na China 

Na Ásia, ao longo das cinco temporadas defendendo o Beijing Guoan, Renato fez 152 jogos, incluindo todas as competições nacionais e continentais. Durante o período, o meia conquistou apenas um título, da Copa da China em 2018, mas acumulou números de respeito e conquistou a admiração do futebol local. Ao todo, foram 40 gols marcados e 45 assistências. Ainda durante o período no Oriente, Renato Augusto disputou os Jogos Olímpicos Rio-2016 e a Copa do Mundo pela Seleção Brasileira.

Renato Augusto pela Seleção Brasileira 

Sendo convocado para a seleção principal pela primeira vez em 2011, pelo técnico Mano Menezes, para um amistoso contra a França, Renato Augusto construiu no decorrer da década uma história de 33 jogos, com 6 gols marcados. Em 2018, Renato foi à Rússia como um dos homens de confiança do técnico Tite para disputar a Copa do Mundo, depois de ter sido um dos principais responsáveis pela classificação nas Eliminatórias. 

Porém, o meia já vestiu a camisa verde e amarela também pelas seleções sub 17, sub 20 e Olímpica. Foram 13 partidas e apenas um gol marcado, pelo sub 17, mas Renato Augusto foi integrante da campanha do inédito ouro olímpico, na Rio-2016.